Homem com papel de desenho triste em frente ao rosto
0
novembro 8th, 2018

Minha mulher não faz o que eu gosto e agora?

Minha mulher não faz o que eu gosto e agora? Quase todo homem passa por essa situação em sua vida afetiva. Mas vamos lá, não adianta forçar a barra e tentar seguir em frente sem o consentimento dela. Este artigo fala sobre como conseguir o que você quer da melhor maneira possível.

Toda relação de seguir do princípio de respeito e atenção, essas devem ser regras básicas de convivência. Quando uma relação é baseada inicialmente nessas regras tudo fica mais fácil. Conseguir aquilo que você que pode se tornar bem mais fácil do que você imagina.

As mulheres podem ter muito mais restrições do que você imagina. Não são apenas físicas muitas vezes. Pode haver bloqueios mentais, psicológicos e até mesmo traumas que impedem que ela seja na cama, como você realmente deseja.

Mas como mudar isso?

Antes de tudo não adianta achar e intitular a mulher disto ou daquilo – ela não isto, porque ela é ** doce. Calma lá! Pode não ser por isso.

Será necessário entender o porquê ela não quer fazer o que você tanto deseja. Sei que é difícil engolir essa frase mas se você usar ela como regra básica muita coisa pode mudar – a preferência pelo prazer é sempre dela.

Quando o prazer dela começar a ser o objetivo principal do momento de intimidade de vocês dois tudo pode mudar.

Como iniciar o assunto?

Antes de tudo, relembrar que o diálogo é o começo inicial de tudo é importante. Casais que falam sobre a vida íntima, tem muitos mais chances de conseguir satisfazer as duas partes na cama.

Que tal fazer um teste? Pergunte a ela se realmente ela se satisfaz com você na cama. Tem que ter coragem não é? Talvez você esteja em uma relação de 10 anos ou apenas de 3 meses. Pouco importa, explique o motivo da pergunta. Diga que você quer meio ainda mais a relação. Não ter mulher que resista a isso.

Leia também:

15 filmes e séries para esquentar a relação

Dependendo do semblante dela você não vai ficar na dúvida se realmente ela está falando a verdade. Agora é ação, se ela responder que sim, tudo pode melhorar não é? Se ela responder que não, ainda é possível.

Mãos à obra

Isso mesmo, mãos e dedos aliás. Voltamos lá atrás, a prioridade é o prazer dela, consequentemente você será atendido, pode ter certeza.

Quer teste maior para ela do que você não se satisfazer em uma noite e ela sim? Não existe mulher que não vá se encantar com isso. Já pensou, ela chegar ao organismo e você não, não que porque você não queira, mas como prova. Quando ela chegar lá, diga – por hoje é só! Fiquei feliz por você – tente, ela vai se encantar!

Mas como fazer se ela não quer que eu faça carícias ou oral nela por exemplo? Bom, o assunto agora são as preferências, mais uma vez, como a preferência é dela, questionar o que ela gosta e não gosta deve ser o ponta pé inicial da situação. Com certeza com o passar do tempo ela vai passar a “gostar” de outras coisas também, aí entra a sua vez.

Existem algumas leis chamadas da leis vida, uma delas é a lei da reciprocidade. Imagine uma situação, você envia a um potencial cliente que ainda não compra de você muito conteúdo importante é que pode fazer ele economizar muito dinheiro em seu negócio.

Este cliente decide comprar a solução que você e outras 3 empresas vendem. Você ajuda ele a muito tempo, sem ao menos ter tentado vender. As outras duas empresas não, os preços são semelhantes. O ser humano é propenso a retribuir a ajuda, certamente ela comprará de você.

Na relação é a mesma coisa, você faz sem pedir nada em troca, logo ela vai querer retribuir.

Consegui e agora?

Conseguiu, fez tudo certinho, agora é hora de provar coisas novas ou melhorar aquelas que você já conseguiu. Ela tende a se soltar mais, então, a relação entre 4 paredes pode ficar ainda melhor.

O diálogo deve continuar presente. Para se obter novas experiências sempre se deverá ter o consenso dela.

Concluindo

Regrinha básica, aquilo que você tanto quer não se pede, se conquista. Tudo o que é pedido a uma mulher pode ser complicado de conseguir tão fácil como se pensa.

Mas a minha parceira já faz. Mas será que faz como você tanto deseja, ou ainda, faz na frequência que você deseja?

Gostou do texto? Deixe seu comentário. Qual a sua opinião sobre o tema?

Aproveito e convido você para seguir nosso perfil no Instagram.

banner com homem sorrindo

Giovane

Casado e bem casado! Bem humorado, entrou no Clube a convite de sua esposa para ajudar os homens a serem bons no assunto como suas parceiras.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*