0
dezembro 8th, 2019

Como fazer sexo anal sem dor

Sem dúvidas o sexo anal é rodeado de mitos e tabus. O principal deles claro, é como fazer sexo anal sem sentir dor. 

Ao mesmo tempo que o sexo anal desperta curiosidade e fascínio, também desperta o medo, a insegurança. O medo de decepcionar o parceiro ou a si mesma é uma das maiores preocupações das mulheres.

Bom, aqui já começa um primeiro erro. As mulheres devem sentir prazer ao praticar o sexo anal e não simplesmente fazer para agradar o seu parceiro. Quando se faz com prazer, as chances de dor diminuem muito e a satisfação toma conta fazendo com que a mulher sinta mais vontade de realizar o sexo anal sem dor.

As técnicas para fazer sexo anal sem sentir dor, partem desde a preparação  como o treinamento e prática.

Para fazer sem dor é fundamental que a mulher saiba qual posição ela se sente mais a vontade e direcionar o seu parceiro para que lhe de o prazer desejado. Para isso, tem que praticar para descobrir, pois, nem sempre aquela determinada posição será boa para todos.

Mas porque eles sentem tanto prazer no sexo anal?

A sociedade colocou que o sexo anal é algo impróprio ou não correto, porém, o sexo anal é praticado desde a antiguidade. 

Os homens sentem fascínio pela prática porque existe uma visão pré concebida de dominação do homem em relação a mulher quando se pratica o sexo anal.

Mas o que ocorre é que na maioria das vezes eles não se preocupam em dar prazer a sua parceira, porem apenas em ter a sua satisfação, o que pode tornar a situação embaraçosa.

Existe um processo a seguir para tornar a prática segura e prazerosa. Vamos lá! 

Depois de ler as dicas desse artigo o seu sexo anal será sem dor e claro com muito prazer.

O que fazer antes do sexo anal?

Como tudo no sexo a preparação é importante e você deve estar ciente que para ter uma prática que lhe traga prazer você precisa seguir algumas dicas iniciais:

  • Sempre usar preservativo é uma regra básica para prática do sexo anal, além de proteger contra doenças ele facilita na penetração.
  • Escolher um lubrificante adequado para prática.
  • Ter em mente que você pode utilizar alguns artigos extras que facilitam o processo de penetração durante o sexo anal.
  • Conversar com o parceiro sobre os limites. Não se deve prosseguir se estiver sentindo dor e desconforto durante todo o processo. Lembre-se, você precisa sentir prazer.

A higienização para o sexo anal

A higienização é um passo fundamental para a prática do sexo anal seguro e deve sempre ser vista como prioridade.

A região anal é extremamente rica em pequenas saliências que podem armazenar sujeira e bactérias. Quando tocada sem os devidos cuidados podem trazer consequências ruins e doenças sexualmente transmissíveis. A higienização correta da região ajuda também a não sentir dor no sexo anal.

Existem várias formas de fazer a higienização da região anal, porém a mais recomendada é a utilização da ducha higiênica, mais conhecida como chuca. 

O canal anal possui cerca de 17 cm, então imagine que toda essa região pode ter a necessidade de limpeza.

O uso da ducha higiênica pode ser feito pela própria mulher desde que seja feito tomando alguns cuidados. Veja algumas dicas importantes para a realização da limpeza no reto anal:

  • Use uma ducha higiênica descartável.
  • Você deve seguir as instruções de uso da ducha higiênica descartável.
  • Higienize a região anal por fora durante o banho ou ainda com o uso de toalhas descartáveis.
  • Use um lubrificante a base de água para introduzir conforme as instruções a ducha higiênica no canal anal já abastecida com água.
  • Aperte a base da ducha higiênica para enviar a água ao canal.
  • Faça isso quantas vezes forem necessárias até a água vir limpa (em média 3 vezes é o suficiente).

Lave a região anal novamente. Você ainda pode complementar a higienização passando novamente as toalhas descartáveis.

Com todo esse processo a dor e desconforto tendem a não estarem presentes durante o sexo anal e isso vai ajudar a deixar você mais relaxada.

Guia Completo do Sexo Anal

As preliminares do sexo anal

O sexo anal também precisa de preliminares. As preliminares quando bem feitas facilitam e tornam o processo bem mais fácil.

Use e abuse das preliminares, carícias, beijos, deixe o ambiente em meia luz para facilitar o relaxamento e se possível ligue uma música calma para ajudar. Você pode usar uma de nossas playlists do Spotify.

Concentre-se, isso vai ajudar a esquecer dos medos e tabus que envolvem o sexo anal. 

Um beijo grego é uma opção interessante de preliminar, além de preparar a região para penetração excita muito ambos.

O beijo grego pode ser uma forma de chegar mais próximo a prática do sexo anal. Com um gel especial para o beijo grego você pode permitir que o parceiro se aproxime e faça a primeira estimulação anal em você acariciando os glúteos, beijando e lambendo.

As mulheres que se permitem a prática do beijo grego descrevem que a sensação é maravilhosa.

A lubrificação, o passo fundamental

A lubrificação anal é um passo importante para a boa prática. A região anal é diferente da região vaginal e não possui lubrificação própria e isso deve ser compensado de alguma maneira. 

Existem diversos produtos próprios para a lubrificação da região anal, alguns mais simples e outros que ajudam até mesmo na cicatrização da região.

Com a lubrificação correta o deslizar vai ocorrer mais fácil e isso deixa a prática muito mais prazerosa. 

Lembre-se, saliva não é lubrificante e não deve ser usado nunca.

Os lubrificantes à base de água são indicados, mas também existem os lubrificantes com ação relaxante que ajudam quem sente mais dificuldade na penetração.

O lubrificante deve ser usado na parte interna e externa e também aplicado no preservativo para facilitar o deslize.

Estimulação

Existem outras formas de realizar a estimulação do ânus para que ele fique mais relaxado e preparado para a penetração. Os plugs anais são importantes para isso.

Com diversos tamanho e opções e formatos os plugs anais também ajudam a relaxar a musculatura do ânus facilitando posteriormente a penetração.

O toque, a massagem e o beijo grego são indispensáveis para quem quer uma experiência completa na penetração anal, o plug é um complemento e deve ser utilizado após o processo inicial de estimulação.

A lubrificação da região e do plug deve ser feita para que mesmo após a estimulação inicial não se sinta dor ou desconforto.

O plug, independente do modelo, deve ser inserido lentamente e conforme a sensação de dor ou desconforto irem diminuindo, ele deve ser introduzido até o final ou, é claro, até onde você conseguir sentir prazer. Isso vai depender muito do tamanho do plug.

O plug é composto basicamente de 5 partes, a base, pescoço, bulbo, o corpo e a ponta.

plug anal

Os modelos mais utilizado são o plug simples, o plug de aço com pedra, plug cônico maior e o plug com rabo.

Qualquer modelo deles podem ser usado sozinha ou acompanhada.

Algumas mulheres usam ele juntamente com a penetração vaginal, realizando uma dupla penetração.

Essa combinação pode trazer estimulação extra deixando a mulher mais a vontade para a penetração anal

Plug simples

Em formatos menores o plug anal simples serve para iniciar dilatação e para as iniciantes no assunto. 

Ele tem também, como todos, uma base que sustentação e não permite a penetração dele por completo. Pode ficar tranquila que não existe risco desde que você faça o uso corretamente do plug.

Todo plug deve ser inserido com o uso de lubrificante como falado anteriormente.

Ele deve ser introduzido lentamente e após sentir que a base entrou o esfincter do ânus automaticamente irá se contrair apertando o pescoço do plug.

Plug de aço com pedra

A particularidade é que ele tem em sua base um pingente decorado, como se fosse uma joia.

A joia pode ser utilizada para seduzir e se exibir antes da penetração. A grande parte das mulheres que costumam fazer surpresa ao seu parceiro insinuando que tem uma joia para ele de presente.

Plug cônico

Esse modelo costuma ser um pouco mais largo que os modelos anteriores e tem uma base menor.

Normalmente é utilizado por mulheres com mais experiência na prática.

Plug com rabo

É um plug de aço com ponta e corpo e em sua base possui um rabo que imita uma gata ou raposa. 

As mulheres também utilizam muito esse modelo pelo fato de poderem deixar o momento mais descontraído.

Existem outros diversos modelos de plug como o com pompom imitando uma coelhinha ou ainda os modelos com camadas, como 3 esferas.

Outros modelos mais ousados também são recomendados como o modelo inflável, que como o próprio nome já diz pode ser inflado para facilitar o relaxamento da região.

A questão é experimentar e ver qual modelo se encaixa melhor para você. Se você nunca fez sexo anal eu sugiro iniciar pelos modelos mais básicos como o simples ou de aço, se você tem mais experiência sugiro o de esferas ou inflável.

As melhores posições

Quanta estimulação não é? Agora você já está preparada para a penetração, mas antes disso, não menos importante, tenho algumas dicas sobre as melhores posições para a prática do sexo anal.

Existem posições que podem causar menos desconforto e deixarem você mais ou menos no comando da situação. 

De lado

A posição de lado é sem dúvidas uma das que podem causar menos dor pois ambos podem controlar a penetração de forma mais fácil.

Aqui a mulher pode utilizar uma das mãos para dar o ritmo aos movimentos.

Nesta posição o homem também pode aproveitar para massagear os seios e clitóris da mulher.

De quatro

Esta posição é uma das preferidas dos homens mas pode não ser de nós mulheres. 

Aqui o homem é quem diz o ritmo e em algumas situações, pela excitação no momento ele pode realizar uma penetração mais profunda ou forte. 

Para as mais experientes esta posição pode ser bem excitante pois fica mais fácil para ela manter também os movimentos no clitóris e vagina.

Por cima

O homem deitado de frente para a mulher e ela por cima dele também pode ser bem excitante. O homem tem a visão dos seios delas e pode também acaricia-los e a mulher pode dar o ritmo ao momento.

Sentada

Nesta posição a mulher tem maior domínio da situação e permite regular a intensidade, força e ritmo da penetração, o que deixa ela mais segura.

Penetração

Agora que as posições mais indicadas já foram recomendadas é hora de falarmos das boas práticas para o momento final.

Regra básica são as preliminares que já devem começar bem antes do momento a dois. 

Elas começam com mensagens, Gif’s, imagens, nudes, áudios e claro muito contato físico e carícias antes da penetração.

O beijo grego é o ponto final antes da penetração e pode também ser feito de várias posições.

Para as mais experientes o gel a base de água já ajuda e para as menos o conjunto do beijo grego e um dessensibilizante junto com gel facilita o processo.

Sempre peça para que a penetração seja feita em partes para você sentir o momento e que a estimulação de outras partes do corpo também ocorra.

O sexo falado também ajuda no momento para sentir o clima e ele saber indiretamente se você está gostando ou não.

Depois

A higienização é importante tanto para ele como para você. 

Falar também se você e ele gostaram é importante para que vocês fiquem cada vez mais práticos na situação.

Seguindo o passo a passo deste artigo ficou mais fácil ou não?

Liliane Benedet

38 anos, casada e mãe. Acredito que toda mulher é Única, por isso criei a Eu Única. Estou sempre me reinventando. Aprendiz na área de sexualidade e relacionamentos.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*